Você Já ouviu falar em laje corporativa? Trata-se do conceito de um escritório amplo de alto padrão, concebido especificamente para atender empresas de grande porte ou mesmo órgãos estatais que precisam de infraestrutura, boa localização e tecnologia de ponta para acomodar funcionários em suas instalações.

Desta forma, as lajes corporativas oferecem um andar inteiro totalmente dedicado à empresa. Tornando-se um conceito ideal para empresas que buscam a expansão do espaço físico.


Realidade em grandes metrópoles, Ribeirão Preto também oferece esse conceito no Le Monde Avenue, empreendimento da Copema localizado na valorizada Zona Sul, na Wladimir Meirelles.

“Um terreno simplesmente excepcional na avenida mais sofisticada da cidade merecia um projeto à altura do status de Ribeirão Preto hoje. Contribuindo de forma significativa com a nova paisagem urbana. Imponente e elegante, o Le Monde Avenue surge como o novo endereço para se fazer grandes negócios na cidade”, explica o arquiteto Fernando Rivaben, responsável pelo projeto.  


 O Le Monde Avenue possui lajes de 550m² de área privativa, 8 elevadores de alta velocidade, segurança completa de última geração e um heliponto de alta capacidade. Além de geradores para áreas privativas e áreas comuns, vidros laminados de alto desempenho térmico e lumínico, docas para carga e descarga de caminhões leves, expedição para triagem e despacho de correspondências. Um empreendimento perfeito em cada detalhe!



Um fator que diferencia as lajes corporativas de outros espaços comerciais é exatamente o suporte de infraestrutura predial, com vagas de estacionamento, recepção, segurança e demais facilidades.


O empreendimento conta ainda com piso elevado, proporcionando infinitas possibilidades de layout, com flexibilidade e agilidade em readequações de instalações de dados, voz e elétrica. Ou seja, o espaço pode ser adaptado a negócios de qualquer natureza. Acompanhando as transformações ao longo do tempo, garantindo sua perenidade.

O Le Monde Avenue tem o projeto de interiores assinado pela arquiteta Fernanda Marques e o paisagismo por Benedito Abbud.