Enquanto muitos esperavam que o mundo fosse acabar na virada do milênio, o que se viu nos anos 2000 foi a chegada para valer da era da tecnologia e da informação. Todos passaram a viver conectados o tempo inteiro!

Aparelhos como celulares, câmeras digitais, computadores, GPS e TVs de alta definição assumiram cada vez mais papel de destaque no dia a dia das pessoas. Com o avanço da internet, as fronteiras deixaram de existir.

Assim todos acompanharam a seleção brasileira ser pentacampeã em 2002, na primeira Copa do Mundo disputada simultaneamente em dois países (Japão e Coreia do Sul), e o Rio de Janeiro sediar os Jogos Pan-Americanos de 2007. Instantaneamente, imagens e informações chegavam na palma das mãos.

A economia brasileira se manteve estável, gerando empregos e aumentando o consumo. Com isso, a construção civil, após um período de calmaria na década anterior, se reaqueceu.

Em Ribeirão Preto, a abertura da João Fiúsa inaugurou um corredor de alto padrão na Zona Sul. A avenida, com suas características únicas, se transformou no ponto mais valorizado da cidade. E também em endereço certo para a Copema!

Entre 2000 e 2010, a construtora deixou sua assinatura em diversos empreendimentos na região da Fiúsa, como o Grand Paysage, La Defense, Place des Vosges, Saint Etienne, Genéve, Toulouse, Montreux, Sur le Jardin, Normandie e o Portes du Soleil.



Projeto do Empreendimento Geneve - um marco na história da Copema nos anos 2000


O Place des Voges, com seus 24 apartamentos de 400 metros quadrados cada um e varanda gourmet, foi quem abriu as portas dessa nova fase de sucesso da construtora, padrão de excelência que acompanharia a Copema até os dias atuais.

Ainda nos anos 2000, a Copema firmou uma parceria com incorporadora Klabin Segall, de São Paulo, que consolidou ainda mais a marca de qualidade e sofisticação da construtora. Dessa união surgiu o Giardino, condomínio localizado no Jardim Nova Aliança entregue a partir de 2011. Mas isso... é outra história!