Amor à primeira vista. Ou melhor, amores à primeira vista! Assim podemos resumir a relação da professora universitária Ana Maria de Oliveira com a Copema.

Tudo começou há 30 anos, quando a carioca estava recém-chegada a Ribeirão Preto, contratada pela Universidade de São Paulo. Andando pelo Jardim Iguatemi, ele se apaixonou pelo Edifício Paranoá e sua arquitetura e paisagismo diferenciados. "Procurei sabe qual era a construtora e então conheci a Copema, que na época ficava em um escritório na Avenida Nove de Julho", lembra.


A aquisição foi feita diretamente com o sócio-diretor da Copema, José Renato Magdalena. "Ele foi mega simpático comigo, muito atencioso e ainda me deixou escolher a garagem para que eu não derrubasse o prédio", brinca a professora, garantindo que cumpriu a promessa. "Só dei umas 'raladinhas', mas nunca derrubei nada", sorri.



Foto: Marcio Javaroni


No final do ano passado, uma visita ao veterinário do seu pet apresentou Ana Maria ao Edifício Caiapós. De novo, ficou encantada. "Olhei e disse: vou morar nesse prédio. Quando eu vi que era da Copema, então tive certeza. Eu não sei o que tem nesses apartamentos da construtora, eu olho e já me apaixono", questiona, sem demorar a responder a própria pergunta. "A arquitetura é fantástica, a planta é incrível e nunca tive nenhum problema em meu apartamento anterior. Tudo isso me ajudou a decidir pela compra".


E a nova paixão da professora universitária é ainda mais inspiradora, pois viveu uma história única. Na unidade adquirida por Ana Maria foram gravadas, em 2016, cenas do filme Divórcio, com os atores Murilo Benício e Thelmo Fernandes.

"Quando eu fechei a compra eu disse: quero o apartamento como ele está, com tudo. Será que o Murilo Benício vem junto? Já que ele se divorciou aqui ele bem que poderia vir também né...", completa, entre sorrisos, Ana Maria.



Foto: Marcio Javaroni



Texto: Marcio Javaroni